Vá de matar gente e achar que nada acontece…

Eu tenho andado aqui a pensar (cuidado com isso), sobre estas pessoas que matam mães, pais, esposas, maridos, filhos e afins e tenho umas quantas perguntas, que talvez alguém me possa esclarecer.

Ora, cá vão:

1. Como é que conseguem andar a planear uma porra de uma morte, uma data de semanas antes, e chegam à hora e conseguem mesmo executar a coisa?

Eu cá, ando semanas a planear um corte de cabelo e chega à horinha e não consigo deixar que ninguém mo faça.

2. Onde é que vão buscar inspiração para estas merdas?

Será no Pinterest? Eu pelo menos, é lá que me inspiro, para cortes de cabelo , diy, decorações de casa e até comidas. Olha, vai na volta até é, porque se há coisinha boa nesta vida para ideias é o Pinterest.

3. Que raio de pesquisas fazem, que acabam sempre por ser apanhados?

Ora, se têm coragem para matar pessoas. Se sabem como fazer. Se pesquisaram qual a melhor forma de matar. Não pesquisam como esconder um corpo? Não pesquisam como desaparecer com ele? Há séries boas nisso, assim de repente: Bates Motel (Netflix). Ensina assim num instantinho à pressa, o que fazer para desaparecer com os corpos. E dado que morrem 20857406830 pessoas por episódio, são assim 20857406830 ideias diferentes. Quem é amiguinha, quem é?

4. Como é que há alguém, que alinhe nestas ideias, com a pessoa interessada em matar?

Será que combinam por Whatsapp? Através de mensagens do género: “Olha fofinho, amanhã pelas 17h00 vamos matar o X, ando assim a modos que para o farta dele. Disse-lhe para me deixar uma laranja descascada para o jantar e o gajo cagou pra mim. Está na hora de terminar com isto. Já andei no Pinterest e no Google a pesquisar, e achei uma forma ótima. Preciso é da tua ajuda, que aquilo é capaz de sujar um bocado, entre sangue, massa cinzenta, ossos e cenas…”.

E o que é que leva a outra pessoa a concordar e ajudar na coisa? “Na boa fofinha, conta comigo. Levo umas mines, um pão de kilo e um paio, assim quando acabarmos a cena, podemos petiscar qualquer coisa. É que limpar uma casa de pó já dá trabalho, limpar uma casa de sangue é coisinha para nos deixar exaustos. Mas conta comigo, vou chegar as 16h45 que é capaz de ser melhor”.

COMÁSSIM?

E para terminar, o que é os leva a pensar que não vão ser apanhados?

Eu cá tenho medo de avançar no semáforo quando está amarelo, porque acho sempre que a GNR ou PSP ou alguma força de segurança, está a olha para mim e que me vai apanhar, e que vou ter de passar o resto da vida a ver o sol aos quadrados e a comer diretamente de um tabuleiro de plástico. E esta malta, mata gente assim à bruta, e acha que se safa.

Enfim, se calhar sou eu que sou medricas. Deve ser isso.

web-shutterstock-105518339

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s