Quanto vale uma selfie? Aparentemente, a vida…

Ora, deixei escapar, durante alguns dias, esta notícia tão preocupante. Mas cá vai.

O que leva um ser humano, sim, porque só um ser (des)evoluído como nós, é capaz das maiores parvoíces de sempre, a colocar a vida em perigo e morrer (inclusive), por uma selfie e/ou fotografia, e consequentemente por uns likes e corações nas redes sociais?!

Juro que a humanidade não pára de me surpreender.

Então esta criatura, como tantas outras, decidiu ir de férias e/ou passar uns dias fora, no estrangeiro. Muito bem. Até aqui, nada contra. Todos gostamos de umas boas férias. E enquanto lá estava, achou por bem, pendurar-se numa varanda do 27º andar. E vocês perguntam e muito bem, para quê? Com que objetivo? Pois. Nenhum, a não ser falecer. E faleceu.

Eu vivo num 4º andar e quando quero sacudir as migalhas da toalha, prefiro fazê-lo dentro da varanda e varrer depois, do que pendura-la lá para baixo. Mas isto é só um aparte.

Segundo consta a senhora, foi alertada por umas pessoas, que se encontravam no local. E ainda assim, continuou, na sua vida. Telemóvel estendido, cabelos ao vento (sim, porque num 27º andar deve fazer vento) e vá de “sacar” umas valentes fotografias, para os facebook´s, instagram´s e twitter´s desta vida. Vida esta, que a senhora perdeu.

Porquê? Porque há coisas que valem a pena por uns likes. Certamente que agora está toda contente lá no céu, a olhar para o seu smartphone e a pensar, “Olha não partilhei a fotografia magnífica que tirei, mas tenho todo um mundo a falar de mim, já valeu a pena falecer!”.

E agora eu imagino, a pessoa que fez o vídeo (sim, há um vídeo, que eu não vi, confesso) da senhora a “esbardalhar-se” toda do 27º andar, a pensar:

– Ah, mas que bem, deixa-me lá filmar aquela moça ali, pendurada na varanda, que aquilo é coisa para dar merda, e depois a gente vende o vídeo para tudo o que é jornais e televisões e ficamos mais duas semanas de férias.

E assim fez. A bem da verdade é que não poderia fazer muito mais, mas porra, filmar a desgraçada da moça a cair, acho um “nadinha” de mais.

Assim como acho um “nadinha” de mais, estas coisas mesmo parvas que as pessoas fazem, para ter mais uns seguidores na vida virtual. E agora? De que lhe servem os 395753 seguidores, lá no céu?! Será que há um Facebook do céu?! Tipo HeavenFace?! Ou uma rede social de mortos?! (Esqueçam esta parte, sou só eu a ser parva!).

Mas mais parvas que eu, são estas pessoas. Penduram-se de pontes, atiram-se para linhas de comboio, esticam-se todas em precipícios e tudo em busca da felicidade virtual.

Não compreendo.

Mas aposto que há pessoas, que ao lerem isto, vão pensar que a maluca sou eu. Porque por mais 345 seguidores vale tudo. Como não compreender a senhora?

kartun-ilustrasi-selfie-e1528703980704

One thought on “Quanto vale uma selfie? Aparentemente, a vida…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s