O desafio da Maria Leal…

Fui desafiada, por uma amiga, a tecer alguns comentários à nova música da Maria Leal.

Se quiserem contexto, devem ver o videoclipe da música.


E desde já vos peço desculpa, pelos 2min que vão perder das vossas vidas! (Se conseguirem aguentar… força, eu acredito em vocês).

Nem sei bem por onde começar, mas vou dar o meu melhor:

1. Não sei o que é pior, se a letra, a batida, a voz da Maria, a criança (coitada, vai sofrer de bulling quando tiver 15 anos, como se a adolescência não fosse já uma fase lixada) ou o videoclipe.

2. Como tenho de escolher um, começo pelo videoclipe. O que raio é aquilo? Estamos em 2020 e este vídeo está bem pior que os videoclipes do Iran Costa em meados de 90.
Então alguém decidiu, que era bonito e ficava bem, semi-transformar a Maria e a pobre criança em desenhos animados, e espetar com elas num cenário espacial e a voar sobre a cidade, com uma máscara anti Covid-19 a tapar os olhos? GENTE, já vos disse, o Covid-19 ataca as vias respiratórias… Não os olhos! Oh saúde. 

3. Vamos falar agora sobre a letra: “Sou a guerreira Maria Leaaaaaal (…) vem comigo viajar, conhecer outros planetas, ver estrelas, o luar e os cuuumetas (…) 3,2,1 dá-me a tua mão (…) agora vai para cima, para baixo, direita, esquerda (…)”.

3.1. Ora bem. Guerreira? Guerreira sou eu, que ouvi a música do início ao fim, sem vomitar o jantar.

3.2. Ver estrelas, sim deves ter visto, e não foram muitas, e não foram poucas, quando bateste com a cabeça antes de gravares o vídeo.

3.3. E os cuuuuumetas, só me fez lembrar a famosa frase de trolha “oh estrela queres cu’meta?”. Era essa a ideia? Bem conseguido!

3.4. Dar-te a minha mão? Para quê? Para me levares a ver cuuuumetas? Deus ma’livre melhere. Tu nem voar sabes, ainda morriamos as duas.

3.5. Qual era a ideia do agora vai para cima e vai para baixo, e para a direita e para a esquerda? Deixar uma remessa de adultos a pensar coisas obscenas? Ou indicar o caminho para o inferno, antes da música acabar? Tu explica-me! Que eu fico em nervos quando não entendo as coisas.

4. A voz da Maria. Não sendo uma especialista em afinação, consigo entender que lhe falta alguma. Çocorro. Quem é que lhe disse que tinha jeito para isto? Quem? Um velhinho de 90 anos com o aparelho auditivo sem pilhas?

Enfim, é como sempre escrevo, quando acho que não me posso surpeender mais com a humanidade, aparecem o universo, as estrelas e os cuuuumetas, a dar-me uma valente chapada.

Bom dia malta!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.