O big brother 2020…

Corria o ano 2000 quando estreou pela primeira vez o Big Brother.

1. Uma casa.
2. 12 pessoas desconhecidas e voluntariamente a conviver 24h/7.
3. Durante um par de meses.
4. Sem sair.
5. Sem contacto com o exterior.
6. Vigiados por câmaras e pelo “Big Brother”.
7. Sem saberem bem e sem terem a real noção de que tinham um país a observar os seus comportamentos.

Estamos em 2020, e a coisa muda de figura, mas o conceito é muito semelhante.

1. Trocamos uma casa, por milhares de casas.
2. E as 12 pessoas, por um país. Voluntariamente (ainda) a conviver 24h/7, mas ao invés de estranhos, trocamos por família.
3. Durante um mês (pelo menos).
4. Sem sair.
5. Com contacto com o exterior pelas tecnologias que temos disponíveis.
6. Vigiados uns p’los outros através das redes sociais.
7. Com total noção de que estamos a ser observados e controlados por todos aqueles que nos seguem quer pelo Facebook, Instagram, Whatsapp ou outra.

Em 2000 o motivo era entretenimento. Os participantes recebiam um X para estar na experiência e ficar em casa.

Em 2020 o motivo é um vírus. Os participantes recebem um X(menos) para participar na experiência e ficar em casa.

Estava para estrear novamente o programa agora em Março. Assinalava os 20 anos. Entretanto foi adiado. Mas não cancelado. O que me leva a dizer, força participantes! Vocês estão neste momento a viver, tal como todos nós, uma quarentena, em casa. Trancafiados. E quando esta quarentena acabar, vocês iniciam outra! Coragem.

Queria apenas aproveitar a deixa, para pedir à TVI, que desta vez. Só desta. Enfiasse lá dentro da casa, pessoas “normais”. Chega do estereótipo menina barbie, loira, com o QI de um ananás. Menino musculado, tatuado e que passa a vida no jardim a levantar os vasos das plantas para não perder o ritmo.

Pessoas mais pró comuns. Sei lá. É que já ninguém aguenta a malta da noite do Porto, que se conhecem todos e todos já dormiram com todos, e é mais um ajuntamento de gente conhecida, do que uma experiência que nos deixe com vontade de acompanhar.

Aquela coisa da Jéssica boazona e do Mauro cheio da pinta, já aborrece. O Mauro só abre a boca para dizer: “Manos, manos, buéda louca esta casa manos. Temos uma piscina e um ginásio manos. Manos podemos estar o dia todo a levantar ferro manos, buéda louco”.
E a Jéssica boazona, responde: “Temos uma piscina, podemos estar ao sol o dia todo. Fazer asjunhas umas asjoutras e ser amigas para sempre. O meu sonho tornado realidade”.

Vêem, já todos sabemos de cor. Por isso TVI. Surpreende agente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.